quarta-feira, 12 de setembro de 2007

O mar está calmo!


" O mar está calmo
Na onda até se rema
O céu está azul
No chão até se ama…
O peixe não pica
Picam as gaivotas
Que lembram gaviões
O mar está azul
A areia é de oiro
O oiro nem é riqueza
Qual é o maior tesoiro?
É a mãe natureza! "


(Rogério Simões)

1 comentário:

ROMASI disse...

Muito obrigado por ter escolhido e colocado a fonte num poema meu.
O poema encontra-se devidamente registado em Portugal na IGAC Inspecção-Geral das Actividades Culturais processo 2079/09.
Infelizmente é um caso raro. Cumprimentos.
Rogério Martins Simões
http://poemasdeamoredor.blogs.sapo.pt